De acordo com dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o faturamento do setor de supermercados no Brasil, que conta com 91.351 lojas, chegou a R$ 554 bilhões em 2020. Este valor representa 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, além de 3 milhões de empregos diretos e indiretos no setor. 

O ano de 2020 foi positivo para o setor supermercadista, que acumulou alta real (deflacionada pelo IPCA/IBGE) de 9,36%, de janeiro a dezembro, em relação ao mesmo período de 2019, de acordo com o Índice Nacional de Vendas da Abras, apurado pelo Departamento de Economia e Pesquisa da entidade.

Para o ano de 2021, a Abras projeta crescimento de 4,5%. Marcio Milan, vice-presidente da Abras, fez a seguinte afirmação sobre alguns motivos que justificam o otimismo com o crescimento para este ano.

“Estamos otimistas com o início da vacinação contra a Covid-19 no Brasil e na condução da agenda econômica administrada pelo ministro Paulo Guedes, com o foco na redução de gastos públicos e na viabilização das importantes reformas estruturais, como tributária e administrativa, de que tanto dependem a retomada e o crescimento da nossa economia.”

Portanto, de acordo com os dados apresentados, não resta dúvidas sobre a importância do setor para o Brasil. Diante disso, o objetivo desse artigo é apresentar as 5 maiores redes de supermercados do país de acordo com o Ranking Ibevar 2020

5-maiore-redes-de-supermercados-do-brasil-em-2020-publicidade

1. Carrefour

Em primeiro lugar da lista está o Carrefour. A empresa atua com as marcas Atacadão e Carrefour, e está entre as mais reconhecidas nos formatos de atacado de autosserviço (atacarejo) e de hipermercado no Brasil.

Com atuação pautada pela omnicanalidade e multiformato, o Carrefour está presente no comércio de produtos alimentares e não-alimentares em mais de 150 cidades, em todos os 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. 

A empresa está sediada em São Paulo, com mais de 95 mil funcionários em 2020, o que torna o Carrefour um dos maiores empregadores privados do Brasil. Além disso, a empresa tem o capital aberto desde julho de 2017 e ações negociadas no segmento de Novo Mercado da B3, sob o código de CRFB3.

No ano de 2020, o Carrefour faturou R$ 62 bilhões e, por conta disso, garantiu a primeira colocação do Ranking por mais um ano. Porém, no ano de 2021 esse resultado tende a ser potencializado ainda mais, pois a empresa comprou o Grupo BIG (3° colocado no ranking). Com isso, o Carrefour se consolida como a maior do segmento. 

2. Grupo Pão de Açúcar

Em segundo lugar da lista está o Grupo Pão de Açúcar, ou GPA. Com um modelo de negócios multiformato e multicanal, a empresa reúne algumas das redes e marcas mais conhecidas e valiosas do varejo e atacarejo, como Assaí, Compre Bem, Extra, Pão de Açúcar, além das marcas exclusivas Qualitá, Taeq, Club des Sommeliers, Finlandek, entre outras.

Com mais de 800 lojas físicas e líderes do e-commerce alimentar no Brasil, o GPA visa oferecer aos clientes a melhor experiência de compra todos os dias, quando ele quiser e onde estiver. 

No ano de 2020, a empresa faturou R$ 61,5 bilhões, e garantiu a segunda posição do ranking. Porém, no ano de 2021 é provável que o resultado do GPA seja bem menor em relação ao ano anterior, pois foi feita a cisão do Assaí, bandeira de atacarejo da empresa, que representava boa parte do faturamento.

3. Grupo BIG

Presente no país desde 1995, o Grupo BIG, ex-Walmart Brasil, opera hoje com 389 unidades e mais de 50 mil funcionários em 18 estados brasileiros, além do Distrito Federal, e garantiu a terceira colocação no ranking. 

São sete bandeiras entre hipermercados (BIG e BIG Bompreço), supermercados (Super Bompreço e Nacional), atacado (Maxxi Atacado), clube de compras (Sam’s Club) e lojas de vizinhança (TodoDia), além de postos de combustíveis. 

No ano de 2020 o faturamento da empresa  foi estimado em R$ 24,5 bilhões. Porém, como falado anteriormente, em março de 2021 o Carrefour (1° colocado do ranking) comprou o Grupo BIG. Juntas, as duas empresas teriam vendas brutas de cerca de R$ 100 bilhões em 2020.

5-maiores-redes-de-supermercados-do-brasil-em-2020-grupo-big

4. Cencosud Brasil

Quarta maior supermercadista do país, a Cencosud Brasil conta com mais de 200 lojas e mais de 25 mil colaboradores, estando presente em oitos estados (Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Sergipe) por meio das bandeiras GBarbosa, Bretas, Prezunic, Perini e Mercantil Rodrigues.

A Cencosud gerencia sua cadeia de valor por meio de um modelo de negócios baseado em quatro pilares: desenvolvimento ambiental, gestão de mudanças climáticas, desenvolvimento de colaboradores e oferta sustentável, o que tem permitido agregar sustentabilidade ao seu modelo de negócios.

No ano de 2020, a empresa faturou R$ 8,5 bilhões e, com isso, garantiu o quarto lugar no Ranking Ibevar.

5. Grupo Muffato

O Grupo Muffato é o número um do Paraná no segmento de supermercados e o quinto maior do país, sendo a única rede 100% nacional a figurar no top 5 do setor, segundo dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). 

Com 67 lojas entre varejo (Super Muffato) e atacarejo (Max Atacadista), cinco Centros de Distribuição e nove postos de combustíveis, o grupo tem 46 anos de história, 17 mil colaboradores diretos e também gera 10 mil empregos indiretos. A rede atua em 25 cidades do Paraná e interior de São Paulo.

Em 2020, o Grupo Muffato faturou R$ 7,5 bilhões, se consolidando na quinta colocação do ranking Ibevar. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui