Nos primeiros meses de 2020, o mundo se deparou com um cenário que muitos jamais imaginaram viver: uma pandemia. Com isso, grande parte dos mercados foram afetados diretamente, e com o varejo não foi diferente. 

De um dia para o outro, várias empresas tiveram suas portas fechadas pelas medidas restritivas e viram seu faturamento se aproximando de zero, principalmente aquelas que não estavam maduras no mundo digital.

Muitas pessoas perderam a vida por conta da pandemia, e os Estados Unidos está no topo da lista de países com mais mortes causadas pelo vírus. Por conta disso, várias medidas foram tomadas para, de alguma forma, tentar resguardar a vida da população Americana. 

Nessa tentativa, o comércio foi fechado por um bom tempo e impactou significativamente as vendas do varejo. Porém, algumas empresas conseguiram manter e, em alguns casos, ampliar suas vendas. 

O objetivo desse conteúdo é mostrar como as 5 principais varejistas dos EUA se mantiveram durante esse período, bem como apresentar qual a evolução de suas vendas no ano de 2020 em relação ao ano de 2019.

Esse conteúdo é baseado na lista das 100 principais varejistas, compilada pela Kantar e divulgada pela NRF, que classifica as maiores empresas do setor de acordo com as vendas somente nos Estados Unidos. Além disso, a lista considera somente as atividades de varejo, excluindo o faturamento de outras frentes dos negócios. 

Para elaborar o ranking, a Kantar utilizou uma série de técnicas de estimativa aplicadas com base nas informações divulgadas publicamente. Diante disso, os números apresentados nem sempre coincidem exatamente com os relatórios oficiais de registros públicos das empresas.

5-maiores-varejistas-dos-estados-unidos-publicidade

1. Walmart

O Walmart é uma varejista de lojas de departamento, fundada pelo lendário Sam Walton, em 1962. A empresa está sediada em Bentonville (AR) e possui cerca de 11.000 lojas distribuídas em 27 países (nem sempre com o nome Walmart).  

Só nos Estados Unidos a empresa possui cerca de 5.253 lojas físicas. O mercado americano corresponde por 79% de todas as vendas da companhia. No país, a empresa está presente em todos os 50 estados. 

Em 2020, a empresa faturou US$ 430,82 bilhões apenas nos EUA, garantindo, de longe, a primeira posição do ranking. Em relação ao ano de 2019, as vendas avançaram 8,70%, mesmo durante fortes medidas de restrições e fechamentos por conta da pandemia do novo coronavírus. 

2. Amazon

A Amazon é uma empresa de tecnologia com forte atuação no varejo global, mas seu principal mercado é nos Estados Unidos. A empresa foi fundada pelo icônico Jeff Bezos em 1994, em Bellevue (WA), na garagem de sua casa. Hoje, a sede da companhia fica na cidade de Seattle. 

A companhia é muito diversificada, e além do varejo possui negócios de computação em nuvem, streaming, inteligência artificial, etc. Porém, aproximadamente 50% de sua receita é proveniente do e-commerce.

A empresa também possui pontos físicos, principalmente depois da aquisição da rede de supermercados Whole Foods, em 2017. No final de 2020, a empresa possuía 523 pontos físicos, sendo responsável por gerar 6,8% de sua receita total, segundo a Visual Capitalist. 

A receita da companhia em 2020, apenas nos Estados Unidos, mercado que corresponde 71% das vendas globais, foi de US$ 187,27 bilhões. Esse resultado representou um crescimento de 33,7% de crescimento em relação ao ano de 2019, sendo o maior crescimento em relação às 5 empresas presentes na lista.

3. The Kroger Co. 

A The Kroger Co., maior rede de supermercados dos EUA, foi fundada em 1883, em Cincinnati (OH), onde está localizada a sede da companhia até os dias de hoje. Além dos supermercados, a empresa possui bandeiras de hipermercados, superlojas, lojas de departamento e joalherias. 

A empresa possui, aproximadamente, 2.922 lojas, todas elas localizadas nos Estados Unidos, país que representa 100% de seu faturamento. A companhia é muito tradicional no país pelo fato de ser uma empresa centenária e ter muitas lojas.  

Em 2020, a empresa registrou um faturamento de US$ 131,57 bilhões, reportando um crescimento de 8,3% em relação ao ano de 2019. Com esse faturamento expressivo, a empresa mais uma vez carimbou sua presença entre as maiores varejistas dos EUA.

4. The Home Depot

A The Home Depot é uma varejista que vende produtos para o lar e construção civil, fundada em Atlanta (GA), na primavera de 1978, e sua sede se encontra na mesma cidade de fundação. 

Atualmente a empresa emprega cerca de 355 mil pessoas e possui 1.974 lojas apenas nos EUA, que representa 93% de suas vendas. Além dos EUA, a empresa também possui pontos físicos no Canadá, México e na China, chegando a mais de 2 mil lojas se somadas todas as localidades. 

No ano de 2020, a empresa obteve um faturamento de US$ 121,26 bilhões nos EUA e, por esse motivo, se garantiu na quarta colocação do ranking. Em relação ao faturamento do ano de 2019, houve um crescimento significativo, na casa dos 21,3%.

5. Costco Wholesale’

A Costco Wholesale é uma varejista Americana que atua como uma rede de clube de vendas, modelo similar ao Sam’s Club, e seu ano de fundação foi 1983, com a primeira loja em Seattle. A sede da empresa fica em Issaquah (WA).

Nos dias de hoje, a empresa possui 548 lojas somente nos EUA, praça que corresponde a aproximadamente 75% das vendas mundiais da companhia. Além dos EUA, a empresa está presente na Austrália, Canadá, Coreia do Sul, Espanha, Japão, México, Reino Unido e Taiwan. 

No ano de 2020, a empresa obteve um faturamento de US$ 121,22 bilhões nos EUA, bem pouco atrás da The Home Depot, ficando no quinto lugar do ranking. Esse resultado representa um crescimento de 9,30% em relação ao ano de 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui