A Revista Forbes publicou, no mês de maio, pesquisa apontando as 2000 maiores varejistas do mundo neste ano de 2020. Apesar do ano ter sido atípico por conta do surto do novo coronavírus, a pesquisa mostra que os maiores varejistas do mundo continuam a ser Walmart, Amazon e Alibaba.

No entanto as primeiras posições se inverteram: o Walmart retomou a posição de maior varejista do mundo, que desde 2015 pertencia à Amazon. A lista é elaborada levando-se em consideração uma pontuação composta de receitas, lucros, ativos e valor de mercado. 

Abaixo estão listadas as 5 primeiras varejistas do Ranking, e está sendo abordada sobre a trajetória delas até atingir este patamar. 

1. Walmart

as-5-maiores-varejistas-do-mundo-em-2020-walmart

O Walmart é uma multinacional estadunidense de lojas de departamento. A história da empresa começa a ser traçada na década de 1940, quando Sam Walton começou sua carreira em uma loja de varejo de J.C. Penny. 

Em 1943 Walton conheceu os Irmãos Butler. Dia 9 de maio de 1950, Walton comprou uma loja de Luther E. Harrison em Bentonville, Arkansas e inaugurou a 5 & 10. Em 1962, Walton investiu 95% do capital na inauguração de sua primeira loja da Walmart. Já na década de 1960, Walton já tinha onze lojas. 

O assistente de Walton, Bob Bogle, veio com o nome “Wal-Mart” para a nova rede. Em 1967, a companhia já tinha crescido para 24 lojas por todo o estado do Arkansas e começou a alcançar 12,6 milhões de dólares em vendas e em 1968, a companhia inaugurou suas primeiras lojas fora de Arkansas em Sikeston, Missouri e Claremore, Oklahoma.

Hoje em dia, a sede da Walmart fica em Bentonville, Arkansas. Em 2009, a multinacional gerou 51% dos seus US$258 bilhões em vendas nos seus negócios de mercearia nos Estados Unidos. Além da bandeira Walmart, a empresa também opera a Sam’s Club na América do Norte.

Apesar da soberania nos Estados Unidos, o Walmart tem 11.000 lojas em 27 países diferentes, com 55 nomes diferentes. Em alguns desses países, a empresa opera com outros nomes, por decisões estratégicas. 

2. Amazon

as-5-maiores-varejistas-do-mundo-em-2020-amazon

A história da Amazon começa em 1994, quando Bezos, então com 30 anos de idade, deixou o emprego de vice-presidente numa empresa de serviços financeiros de Wall Street para se mudar com a mulher para Seattle. Ele havia feito um curso sobre como montar uma livraria e estava obcecado pela ideia de vender livros pela web.

Na época, o movimento não parecia fazer muito sentido. Seattle era sede da Microsoft, mas a cidade não era nem de longe um Vale do Silício. A internet era uma rede obscura, utilizada por cerca de 16 milhões de pessoas em todo o mundo. Mas, como em outras ocasiões que viriam, Bezos viu ali uma oportunidade enorme.

Nos dias de hoje, as projeções de Bezos foram concretizadas, e isso fez com que Amazon se tornasse uma das maiores empresas de todo o mundo. A empresa é conhecida como a Loja de Tudo, que, inclusive, é o título dado ao livro que conta a história da empresa.

A Amazon possui grande parte de sua força no comércio eletrônico, e corresponde a 50,4% de sua receita. Porém, também possui diversas outras áreas de receita com grande representatividade, o que mostra que a empresa tem um portfólio de produtos e serviços bastante diversificados. 

3. Alibaba

as-5-maiores-varejistas-do-mundo-em-2020-alibaba

O Alibaba foi fundada por Jack Ma, em 1999, dentro de um quarto de apartamento, com o site web Alibaba.com, com um serviço business-to-business para conectar os fabricantes chineses com compradores estrangeiros. 

Tempos depois, em meio a uma crise sanitária, a empresa fundou um comércio eletrônico consumer-to-consumer, chamado Taobao, semelhante ao eBay. Hoje, o Taobao apresenta cerca de um bilhão de produtos e é um dos 20 sites mais visitados no mundo. 

A empresa também possui um braço financeiro chamado Alipay, um serviço de depósito de pagamento online, que é responsável por cerca da metade de todas as transações de pagamento online na China. A grande maioria desses pagamentos ocorre usando os serviços do Alibaba.

Em 2014, a empresa estreou na Bolsa de Valores de Nova Iorque, e em 2018 a empresa assinou parceria com o grupo francês Bollore. A aliança abrange serviços de computação em nuvem, energia limpa, logística e outras áreas como novas tecnologias digitais e inovação.

Nos dias de hoje, os sites do Alibaba Group representam mais de sessenta por cento da parcela de entregas na China, e isso faz com que eles ocupem o terceiro lugar no Ranking Global de empresas do varejo. 

4. CVS Pharmacy

as-5-maiores-varejistas-do-mundo-em-2020-cvs-pharmacy

A CVS Pharmacy é uma empresa de varejo farmacêutico americana. Propriedade da CVS Health, está sediada em Woonsocket, Rhode Island. A rede era propriedade de sua holding original, Melville Corporation, desde seu início até sua atual controladora (CVS Health) foi desmembrada em sua própria empresa em 1996. 

CVS Pharmacy é atualmente a maior rede de farmácias nos Estados Unidos por número de lojas (mais de 9.600 em 2016) e receita total de receitas médicas. Sua empresa-mãe está classificada como a 7ª maior corporação dos Estados Unidos em receitas no ano fiscal de 2017 na Fortune 500.

A CVS vende medicamentos controlados e uma ampla variedade de mercadorias em geral, incluindo medicamentos de venda livre, produtos de beleza e cosméticos, serviços de acabamento de filmes e fotos, mercadorias sazonais, cartões comemorativos e alimentos de conveniência por meio de suas lojas de varejo CVS Pharmacy and Longs Drugs e online através de CVS.com. 

A empresa também fornece serviços de saúde por meio de suas mais de 1.100 clínicas médicas MinuteClinic, bem como seus Centros de Tratamento de Diabetes. A maioria dessas clínicas está localizada dentro ou fora das lojas CVS.

5. The Home Depot

as-5-maiores-varejistas-do-mundo-em-2020-the-home-depot

A The Home Depot é uma companhia varejista norte-americana que vende produtos para o lar e construção civil. Foi fundada em Atlanta, Geórgia, Estados Unidos por Bernie Marcus e Arthur Blank. 

Tudo começou na primavera de 1978. A criação da empresa começou com duas palavras: estão despedidos! Bernie Marcus era o presidente e Arthur Blank ocupava o cargo de diretor financeiro da Handy Dan Home Improvement Centers, que começou como uma pequena loja na cidade de El Monte, no estado da Califórnia. 

Duas décadas depois se tornara uma das mais respeitadas e bem sucedidas redes de materiais de construção civil do mercado americano. Mais adiante, a empresa expandiu suas lojas para outros países.

Hoje em dia, a empresa emprega cerca de 355 mil pessoas e possui mais de duas mil lojas operando nos Estados Unidos, Canadá, México e China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui