De acordo com a Grand View Research, o tamanho do mercado global de comércio eletrônico foi avaliado em US$ 9,09 trilhões em 2019 e deve crescer a uma taxa composta de crescimento anual (CAGR) de 14,7% de 2020 a 2027. O aumento da penetração da Internet está impulsionando a população de smartphones em todo o mundo. 

Conteúdo digital, viagens, lazer, serviços financeiros, entre outros, constituem uma variedade de opções de e-commerce disponíveis para a base de clientes com acesso à Internet que estão ganhando impulso com o aumento de seu uso. 

Portanto, espera-se que a conscientização tecnológica entre os clientes tenha um impacto positivo no crescimento do mercado. A crescente importância de uma navegação mais rápida tem levado ao desenvolvimento da conectividade e, consequentemente, ao desenvolvimento da tecnologia 4G e 5G.

Diante deste contexto, é evidente que, tanto no Brasil quanto no mundo, há uma tendência cada vez maior de se popularizar o e-commerce, e a pandemia do Covid-19, além de acelerar esse processo, mostrou a importância e a força do online. 

Nesse sentido, a Ebit/Nielsen projeta um crescimento de 26% no faturamento do comércio eletrônico no ano de 2021, como apresentado no gráfico abaixo.

Com isso, mesmo com o crescimento significativo em 2020 por causa do coronavírus e também de sua cada vez maior representatividade, o comércio eletrônico continua em crescimento. Isso evidencia a importância da atenção que os varejistas necessitam dar ao online.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui