Segundo pesquisa da Kantar, 78% dos brasileiros têm buscado sair de casa somente para o necessário e estão mais preocupados com a saúde devido ao surto do coronavírus.

Quando as pessoas vão às lojas, em 50% das vezes buscam comprar por produtos massivos, que correspondem a alimentos embalados, bebidas, produtos de higiene pessoal, medicamentos e outros consumíveis. O objetivo é buscar abastecer suas residências para os próximos dias, adiando ao máximo a próxima visita ao ponto de venda.

Diante disso, dois formatos de lojas obtiveram maior destaque. O Cash & Carry, ou Atacatejo, é o canal que lidera o crescimento, passando a ser utilizado por mais 2,2 milhões de novos lares, principalmente para “compras de despensa”, sendo a opção em 75% dos casos.

Já os Hipermercados, segundo modelo mais beneficiado, ganharam mais de 560 mil novos domicílios compradores, algo que não acontecia nessa proporção há muito tempo. Os produtos mais procurados nesse modelo de loja são considerados para compras de reposição no dia a dia, como itens multiuso de limpeza, detergente, café e presuntaria.

dois-formatos-de-loja-se-destacam-com-coronavirus

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui