Ontem (11/01/23) Sergio Rial renunciou seu cargo como CEO da Americanas depois de 10 dias. Hoje, às 09h da manhã, Rial participou de uma conferência fechada organizada pelo BTG Pactual. O tema da conferência foi os problemas divulgados pela companhia que indicam uma falha contábil de R$ 20 bilhões.

Sobre os contratos da Americanas de financiamento voltado ao pagamento de fornecedores: “Uma das primeiras coisas que me chamou atenção é por que nas cartas de circularização aos bancos isso não aparece como dívida”, disse Rial.

As ações da Americanas indicam forte queda nesta quinta-feira, com leilão de abertura mostrando tombo de pelo menos 50%. O movimento arrastava outras companhias, principalmente varejistas, para baixo, como Ambev, Via, Renner, Magazine Luiza, etc.

“Não estou em posição para dizer se houve fraude.”, disse Rial.

Além disso, Rial ainda comentou que houveram “sinais de que talvez o nível de transparência e talvez a vontade da própria gestão em querer falar de problemas e desafios não estivesse tão fluída na organização como deveria”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui